Follow by Email

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

"A Felicidade"

É difícil subir um monte muito alto. É preciso trocar tudo pelo instante mágico de chegar ao cume, ali tudo é radicalmente verdadeiro, não é possível fingir que se vai a caminho. Deixam-se as forças na enorme escalada, rasga-se a pele nos rochedos, abandona-se o aconchego do calor do corpo ao vento e à neve e ao gelo. Caímos e apetece-nos ficar por ali. Por vezes não sabemos se conseguimos dar mais um passo. Mas é tão belo! Só ali se respira verdadeiramente. Só ali se vêem todas as coisas com o seu verdadeiro relevo e com as suas cores verdadeiras. Só ali um homem se sente realmente rico...Ele que deixou tudo lá em baixo...




sexta-feira, 19 de agosto de 2011

" Adversidade "

Quando os acontecimentos se escapam ao teu domínio, e te arrastam para onde não quererias ir, o resultado é sempre surpreendente e enriquecedor. Forçado a desafios inesperados, vês brotar de ti forças e capacidades que desconhecias; cresces por dentro; descobres luzes novas e uma nova dimensão de todas as coisas; aprendes que não estás só. É como se alguém, com pena de ti, te conduzisse a um lugar maravilhoso onde nunca saberias chegar com os teus pequenos projectos.


 

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

A Lenda de Narciso



Conta uma outra versão da lenda de Narciso (que muitos poucos conhecem)
Que após toda a história que já conhecemos de Narciso apaixonado pela sua imagem no lago, ele não teria morrido afogado ou não seria por ser fanático por sua imagem que ele se afogou...
Narciso achava-se tão lindo, tão lindo, que ousou apaixonar-se por uma Deusa Grega...
Ocorre que essa Deusa era uma das mais belas e adorada pelo próprio grande Deus Esnobe e arrogante Zeus...
Ela tinha o poder da cura nas próprias mãos, além de ser uma corajosa guerreira, que não se acovardava por nenhum motivo...
Narciso... apesar de se achar o mais belo de todos os seres, apaixonou-se por esta Deusa e muito se esforçou para esconder este amor...
Contudo... ao saber deste amor, a própria Deusa veio ter com Narciso e vendo a sua beleza,  apaixonou-se por ele....
Por Ser uma das mais admiradas por Zeus, este amor seria eternamente proibido, mas, os amantes não resistiram e durante muitos anos se encontraram,  entregando-se inteiramente a esse amor...
Contudo... Zeus arrogante, impiedoso e cruel ao saber dos encontros escondidos destes amantes transformou a Deusa numa estátua grega, uma estátua que até hoje não se sabe a qual Deusa representa... para o final de Narciso surgiram várias versões...
Em uma delas, dizia-se que ele quando se debruçava sobre o espelho límpido do lago, não era para olhar a sua própria imagem, mas sim porque via no reflexo do lago o céu onde viviam os Deuses e onde viveu sua amada ou ainda podia ver no Olimpo a estátua da sua Deusa e assim acabou por cair ao lago e se afogou...
Outra versão dentre as muitas é de que ao Narciso ver a imagem de sua amada transformada em mármore, implorou para que Zeus o transformasse também em estátua ao lado dela, o que Zeus fez sem pensar, enquanto Narciso estava a olhar para a estátua de sua amada... contudo, ao estilo de Zeus que elaborava punições maldosas, cruéis e bem elaboradas (lembremos o que ele fez como Prometeu, que tinha o seu fígado comido por uma ave pela eternidade, sendo eternamente reconstituído nas noites) ao transformar Narciso em mármore duro e frio, fez com que o coração do vaidoso contudo apaixonado rapaz permanecesse quente e vivo...
Assim Narciso passaria a eternidade olhando para a imagem de sua amada sem jamais poder toca-la, mas, com seu coração eternamente a amando e assim sofrendo para sempre...