Follow by Email

segunda-feira, 25 de março de 2013

Eu sou assim..

Se um dia quiseres saber como sou, pergunta ao ar que eu respiro, e a voz do meu silêncio te responderá. Sou como uma noite sem luar, sou como uma tempestade no mar, e às vezes sou calmo, como uma brisa que acaricia o teu rosto.

Posso ser como um furacão, ou ás vezes quem sabe como um orvalho da manhã, nas noites quentes de verão, sou forte, brilhante e guerreiro, e ainda assim sinto-me frágil, se não te tenho comigo.
 Devorando o brilho dos teus olhos, perdido e louco por amor, ás vezes sou incompreensivo, e não consigo compreender o sentido da minha própria vida.

Sou assim, não sei porquê! Se pensares realmente em mim, e quiseres saber como sou, fecha os olhos e imagina a dimensão do amor e me verás debruçado na janela do mundo contemplando a tua face, e se nesse momento um amor forte e arrebatador invadir o teu peito, abre a janela do teu quarto e contempla o horizonte, no infinito, e verás uma estrela a brilhar, a partir daí verás o quanto eu te posso amar, e o quanto eu penso em ti...