Follow by Email

quinta-feira, 27 de março de 2014

Será que é assim...

A Minha amizade dá-te paz, meu carinho tranquilidade, minha confiança tua segurança, minha desconfiança tua insegurança…

Meu amor assusta-te, meu desejo te incendeia, meu gostar de seduz, meu querer faz-te bem, minha presença, faz-te feliz, minha ausência te faz-te refletir…
Minha insegurança afasta-te, minha segurança, traz-te para perto…
Meu ciúme faz-te mal e te envenena, meu amor, te deixa de alma leve e limpa….
Meu olhar te encanta, meu sorriso seduz-te, minha alegria te contagia, minha tristeza, é nostalgia...
Meu amor  fascina-te como um rio no deserto, mas também te leva pra longe quando te quero bem perto…
Meus mistérios tu desconheces, meu olhar te intimida…
Eu sou um enigma, tenta desvendar-me…





terça-feira, 4 de março de 2014

A confiança


A confiança não é inata, não aparece e desaparece, a confiança é conquistada,não deves traze-la e depois tirá-la, como se fosse um brinquedo roubado das mãos de uma criança...
A confiança dá-se por dar, não ficas à espera da recompensa, apenas esperas não ser traído por homicidas da amizade.
É rara, mas verdadeira...
Pode ou não durar uma vida inteira?
Confiança anda de mãos dadas com a verdade, um dia roubada, deixa saudade...
Saudade da pessoa a quem davas por dar, ouvias por ouvir, pedias porque sabias não estar realmente a pedir...
Saudade da certeza das palavras pronunciadas, da realidade que todas essas frases te traziam...
Um dia arrancam-ta do peito, ficas assim, sem jeito. Num vazio, esquecido pelos impuros.
Perguntas porque? Sem resposta, num único sentimento de injustiça…
Perdoas-te a ti, e por fim voltas a confiar.
Porque ser Humano, também é errar...