Follow by Email

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

O Primeiro Amor

É fácil saber se um amor é o primeiro amor ou não, se admitimos que possa ser o primeiro, é porque não é, o primeiro amor só pode parecer o último amor. É o único amor, o máximo amor, o irrepetível e incrível e antes morrer que ter outro amor. Não há outro amor, o primeiro amor ocupa o amor todo.
Nunca se percebe bem por que razão começa, mas começa, e acaba sempre mal só porque acaba. Todos os dias parece estar mesmo a começar porque as coisas vão bem, e o coração anda alto, e todos os dias parece que vai acabar porque as coisas vão mal e o coração anda em baixo.


O primeiro amor dá demasiadas alegrias, mais do que a alma foi concebida para suportar, é por isso que a alegria dói, porque parece que vai acabar de repente, e o primeiro amor dói sempre demais, sempre muito mais do que aguenta e encaixa o peito humano, porque a todo o momento se sente que acabou de acabar de repente. O primeiro amor não deixa de parte um único bocadinho de nós, nenhuma inteligência ou atenção se consegue guardar para observá-lo, fica tudo ocupado. O primeiro amor ocupa tudo, é inobservável, é difícil sequer reflectir sobre ele. O primeiro amor leva tudo e não deixa nada.

Diz-se que não há amor como o primeiro e é verdade. Há amores maiores, amores melhores, amores mais bem pensados e apaixonadamente vividos. Há amores mais duradouros, quase todos, mas não há amor como o primeiro. É o único que estraga o coração e que o deixa estragado...



 

sábado, 12 de novembro de 2011

A Mentira e a Falsidade

A mentira é outro dos pecados mais generalizados de nossa sociedade, de tal ponto que a consciência de muitas pessoas têm se tornado insensível e debilitada com relação á gravidade da mentira. Existem muitas pessoas crentes que crêem "que não se pode viver sem uma "mentirinha".
A mentira é a covardia para não enfrentar a realidade, o homem  justifica-se ao mentir; considera que as mentiras são "piedosas" ou "por necessidade" ou ainda para evitar problemas maiores, são justificativas ilusórias e sem fundamentos, pois a falsidade e mentira são imorais e contrárias à conduta que Deus requer do homem.Mentira é uma manifestação contrária à verdade, cuja a sua essência é o engano, e cuja gravidade se mede segundo o egoísmo ou a maldade que encerra.





domingo, 23 de outubro de 2011

Desabafo


À coisas que não sei explicar,coisas que sinto e tenho medo de as mostrar...Acho que é por tudo o que já passei,e por tudo o que me fizeram passar...
Por vezes tenho medo de estar feliz,porque a qulquer momento tudo vai ao fundo,e o sofrimento...regressa!
Aprendi que a vida não é um mar de rosas como sempre sonhámos,que só alcançamos os nossos objectivos,lutando por eles com todas as nossas forças...e que na maior parte das vezes as coisas não levam o rumo que gostaríamos e desejávamos que tomassem....
Eu vejo a vida como um estrada,ao longo da qual todos nós certamente encontramos obstáculos,uns ultrapassáveis,outros não...mas a vida não pára se não os conseguirmos ultrapassar...

Muitas vezes dou por mim a pensar,se vale a pena lutar tanto por uma vida que ao fim ao cabo,tudo pelo que lutámos vai "abaixo",porque como se costuma dizer,tudo aquilo que tem um principio tem também um fim...
O maior tesouro que temos,são aquelas pessoas que nos são importantes,que nos amam,que nos fazem sorrir nos nossos momentos mais tristes,que nos ajudam a ultrapassar os nossos obstaculos...que ajudam a cicatrizar as nossas feridas....mas até mesmo essas pessoas,muitas vezes se vão,e é só quando as perdemos e sabemos que nunca mais as teremos de volta,que lhes damos o seu devido valor...

Nós seres humanos,não fomos feitos para estarmos sozinhos,por mais que nos possamos sentir felizes,existe sempre algo que falta ao nosso lado...uma companhia,um carinho,um abraço,um simples olhar...um sincero sorriso!
Acho que tudo tem um sentido na vida...as coisas que acontecem,nunca acontecem por acaso...
Ninguém pode definir os nossos actos,as nossas palavras...apenas nós mesmos!Porque só nós sabemos aquilo que vai no nosso coração....
Ninguém conhece ninguém...isso é uma certeza...

sábado, 8 de outubro de 2011

" O Tempo"


Os anos ensinam muitas coisas que os dias desconhecem…
O tempo é o único bem totalmente irrecuperável… Recupera-se uma posição, uma coisa e até um amigo, mas jamais o tempo perdido…
Paremos de reclamar o que o futuro nos reserva e recebamos como um presente o que quer que nos traga o dia de hoje…
Se quiseres viver feliz, não uses relógio. E, se já tiveres um, não o consultes…
E, se tiveres de o consultar, procura fazer com que não funcione…
Não se pode matar o tempo, sem ferir a eternidade..
O tempo é o mais sábio dos conselheiros k pudemos ter…












domingo, 25 de setembro de 2011

Sentimentos


Nos somos os donos de nossos actos, mas não somos donos de nossos sentimentos..
Somos culpados por tudo aquilo que fazemos…
Mas não somos culpados pelo que sentimos;
Podemos prometer muitas coisas…
Mas não podemos prometer sentimentos...
Os actos são como pássaros presos numa gaiola, nunca sabermos quando se vão soltar..
Os sentimentos são como pássaros quando voam, nunca sabemos onde puderam ir parar, nem qual o rumo que vão tomar…


quarta-feira, 31 de agosto de 2011

"A Felicidade"

É difícil subir um monte muito alto. É preciso trocar tudo pelo instante mágico de chegar ao cume, ali tudo é radicalmente verdadeiro, não é possível fingir que se vai a caminho. Deixam-se as forças na enorme escalada, rasga-se a pele nos rochedos, abandona-se o aconchego do calor do corpo ao vento e à neve e ao gelo. Caímos e apetece-nos ficar por ali. Por vezes não sabemos se conseguimos dar mais um passo. Mas é tão belo! Só ali se respira verdadeiramente. Só ali se vêem todas as coisas com o seu verdadeiro relevo e com as suas cores verdadeiras. Só ali um homem se sente realmente rico...Ele que deixou tudo lá em baixo...




sexta-feira, 19 de agosto de 2011

" Adversidade "

Quando os acontecimentos se escapam ao teu domínio, e te arrastam para onde não quererias ir, o resultado é sempre surpreendente e enriquecedor. Forçado a desafios inesperados, vês brotar de ti forças e capacidades que desconhecias; cresces por dentro; descobres luzes novas e uma nova dimensão de todas as coisas; aprendes que não estás só. É como se alguém, com pena de ti, te conduzisse a um lugar maravilhoso onde nunca saberias chegar com os teus pequenos projectos.


 

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

A Lenda de Narciso



Conta uma outra versão da lenda de Narciso (que muitos poucos conhecem)
Que após toda a história que já conhecemos de Narciso apaixonado pela sua imagem no lago, ele não teria morrido afogado ou não seria por ser fanático por sua imagem que ele se afogou...
Narciso achava-se tão lindo, tão lindo, que ousou apaixonar-se por uma Deusa Grega...
Ocorre que essa Deusa era uma das mais belas e adorada pelo próprio grande Deus Esnobe e arrogante Zeus...
Ela tinha o poder da cura nas próprias mãos, além de ser uma corajosa guerreira, que não se acovardava por nenhum motivo...
Narciso... apesar de se achar o mais belo de todos os seres, apaixonou-se por esta Deusa e muito se esforçou para esconder este amor...
Contudo... ao saber deste amor, a própria Deusa veio ter com Narciso e vendo a sua beleza,  apaixonou-se por ele....
Por Ser uma das mais admiradas por Zeus, este amor seria eternamente proibido, mas, os amantes não resistiram e durante muitos anos se encontraram,  entregando-se inteiramente a esse amor...
Contudo... Zeus arrogante, impiedoso e cruel ao saber dos encontros escondidos destes amantes transformou a Deusa numa estátua grega, uma estátua que até hoje não se sabe a qual Deusa representa... para o final de Narciso surgiram várias versões...
Em uma delas, dizia-se que ele quando se debruçava sobre o espelho límpido do lago, não era para olhar a sua própria imagem, mas sim porque via no reflexo do lago o céu onde viviam os Deuses e onde viveu sua amada ou ainda podia ver no Olimpo a estátua da sua Deusa e assim acabou por cair ao lago e se afogou...
Outra versão dentre as muitas é de que ao Narciso ver a imagem de sua amada transformada em mármore, implorou para que Zeus o transformasse também em estátua ao lado dela, o que Zeus fez sem pensar, enquanto Narciso estava a olhar para a estátua de sua amada... contudo, ao estilo de Zeus que elaborava punições maldosas, cruéis e bem elaboradas (lembremos o que ele fez como Prometeu, que tinha o seu fígado comido por uma ave pela eternidade, sendo eternamente reconstituído nas noites) ao transformar Narciso em mármore duro e frio, fez com que o coração do vaidoso contudo apaixonado rapaz permanecesse quente e vivo...
Assim Narciso passaria a eternidade olhando para a imagem de sua amada sem jamais poder toca-la, mas, com seu coração eternamente a amando e assim sofrendo para sempre...

quinta-feira, 21 de julho de 2011

A Matemática da vida!

A matemática da vida não é simples,cada soma é também uma subtração...
Quando somamos mais um ano àqueles que já vivemos, subtraímos um ano daqueles que nos restam para viver...
Esperamos demais para fazer o que precisa ser feito, num mundo que só nos dá um dia de cada vez, sem garantia do amanhã...
Enquanto lamentamos que a vida é curta,
Agimos como se tivéssemos à nossa disposição um stock inesgotável de tempo...
Esperamos demais para dizer as palavras do perdão que devem ser ditas, para pôr de lado os rancores que devem ser expulsos, para expressar gratidão, para dar ânimo, e para oferecer consolo...
Esperamos demais para anunciar as preces, para executar as tarefas que estão  á espera, para serem cumpridas...
Para demonstrar amor que talvez não seja mais necessário amanhã...
Esperamos demais nos bastidores, quando a vida tem um papel para desempenharmos no palco...
Deus também está á nossa espera para nós pararmos de esperar...
Esperando nós começarmos a fazer agora tudo aquilo para o qual este dia e esta vida nos foram dados...

sábado, 9 de julho de 2011

O Amor quando se quer revelar




O amor, quando se revela,não se sabe revelar...
Sabe bem olhar para ela,mas não lhe sabe falar...
Quem quer dizer o que sente,n
ão sabe o que há-de dizer...
Fala; parece que mente…
Cala; parece esquecer…
Ah, mas se ela adivinhasse,se pudesse ouvir o olhar,
E se um olhar lhe bastasse,para saber que a estão a amar!
Mas quem sente muito; cala...
Quem quer dizer quanto sente,fica sem alma nem fala...
Fica só, inteiramente,mas sem isto puder contar-lhe
O que não tenho coragem de lhe contar,
Já não terei assim, que falar-lhe,
Porque lhe estou a falar…


domingo, 3 de julho de 2011

O grande peso da dor!!!

Ensina-me a dominar a dor!
A outra parte já sei...
Mas a dor, ela persiste
como uma raiz enterrada
que subsiste
mesmo depois de cada galho rompido,
cada folha arrancada...
A dor persiste mesmo após a árvore cortada...
Que humor é este? Palhaço,
e um coração espelho em pedaços...
Não é humor, doce graça:
É a taça da dor que o destino
me põe à mão e diz: Toma!
E ela assoma à minha mente,
a dor do palhaço
que guarda um pequeno traço
do que lhe fora um amor...
Esta é a graça com a qual o destino se ri
de mim, de ti, de todos nós...
Ele apenas ri um riso sem voz
que reververa no coração da gente...

terça-feira, 28 de junho de 2011

Citações...

Que importa que já o saibas? Só se sabe o que já nos não surpreende."

"Quais são as tuas palavras essenciais? As que restam depois de toda a tua agitação e projectos e realizações. As que esperam que tudo em si se cale para elas se ouvirem. As que talvez ignores por nunca as teres pensado. As que podem sobreviver quando o grande silêncio se avizinha."

"Não queiras saber tudo. Deixa um espaço livre para te saberes a ti."

"Falhaste a vida, é evidente. Mas não o digas. Porque haverá logo quem venha proclamar em alvoroço que tu mesmo afinal confessas que falhaste para o cretino trombeteiro se julgar menos falhado e os cretinos como ele."

"Ser inteligente é ser desgraçado. O imbecil é feliz. Mas o animal também."

"Ri sempre de maneira que alguém fique, sem saberes, a chorar dentro de ti. Porque se o riso permanece, o que encontra dentro de ti é o idiota que lá estava à tua espera."

sexta-feira, 24 de junho de 2011

LIÇÕES DO AMANHECER

É essa a hora em que o céu perde o azul e mar adentro vê-se apenas a massa espessa da treva.
Esta é a hora em que as ruas ficam vazias. As aves retornam aos abrigos, os sons se dispersam.
Esta é a hora em que os nossos temores, dissimulados durante o dia, se acumulam. Mas é também a hora em que nosso olhar, antes distraído pelo colorido do dia, volta-se para dentro de nós mesmos e dos nossos ocultos sentimentos.
É a hora em que revemos nossa caminhada, repensamos os rumos, reavaliamos a direção, e somos surpeendidos pela descoberta, até então insuspeita, de que, apesar da noite aqui fora, resiste em nós uma luz imperturbável, clara, serena, uma luz definida que noite alguma pode apagar, e não apaga!


quinta-feira, 23 de junho de 2011

Desafio



Regras:
1. Divulgar quem passou a Tag:
2. Publicar fotografias das coisas que vocês mais gostam (Podem ser da internet)
3. Passar a Tag a 10 meninas

1. Família

2. Amor
 
 

Não vou puder mandar a ninguém,não posso..












sábado, 18 de junho de 2011

Pedaços de mim...

Eu sou feito de
Sonhos interrompidos
Detalhes despercebidos
Amores mal resolvidos

Sou feito de
Choros sem ter razão
Pessoas no coração
Actos por impulsão

Sinto falta de
Lugares que não conheci
experiências que não vivi
momentos que já esqueci
Eu sou
Amor e carinho constante
distraída até o bastante
não paro por instante

Tive noites mal dormidas
perdi pessoas muito queridas
cumpri coisas não-prometidas

Muitas vezes eu
Desisti sem mesmo tentar
pensei em fugir,para não enfrentar
sorri para não chorar

Eu sinto pelas
Coisas que não mudei
amizades que não cultivei
aqueles que eu julguei
coisas que eu falhei

Tenho saudade
De pessoas que fui conhecendo
lembranças que fui esquecendo
amigos que acabei perdendo
Mas continuo vivendo e aprendendo

quarta-feira, 8 de junho de 2011

The Calling - Things Will Go my way...

Eu vim para te dizer
Como tudo isso começou
Nada parece funcionar
E eu estou deprimido novamente...

Então abraça-me agora e diz-me que isto não é para sempre
Talvez algum dia as coisas acontecerão do meu jeito...

Eu pressionei para atravessar
a multidão de almas misturadas
Apenas para descobrir que eu estou bem aqui atrás
a fazer o que eu te tinha falado...

Então segura a minha mão e não deixes eu me entregar..
Porque talvez algum dia, sim as coisas serão do meu jeito..
De todos os olhos que eu tenho provado é para procurar a verdade

De todos os sonhos eu estou perseguindo, o que eu tenho que fazer?
E tudo está contra mim
Todas as respostas são erradas
Eu espero poder encontrar
Então abraça-me agora e diz que isto não é para sempre...
Talvez algum dia as coisas acontecerão do meu jeito...

De todos os olhos que eu tenho provado é para procurar a verdade

De todos os sonhos eu estou perseguindo o que eu tenho que
fazer?
E tudo está contra mim
Todas as respostas são erradas
Espero que tu descubras que as coisas serão do meu jeito...

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Num lugar longe bem longe: Navegue, descubra tesouros,mas não os tire do fun...

Num lugar longe bem longe: Navegue, descubra tesouros,
mas não os tire do fun...
: "Navegue, descubra tesouros, mas não os tire do fundo do mar, o lugar deles é lá. Admire a lua, sonhe com ela, mas não queira trazê-la p..."
Navegue, descubra tesouros,
mas não os tire do fundo do mar,
o lugar deles é lá.

Admire a lua, sonhe com ela,
mas não queira trazê-la para a terra.

Aproveite o sol, se deixe acariciar por ele,
mas lembre-se que o seu calor é para todos.·
Sonhe com as estrelas,
apenas sonhe,
elas só podem brilhar no céu.

Não tente deter o vento,
ele precisa correr por toda parte,
ele tem pressa de chegar sabe-se lá onde.

Não apare a chuva,
ela quer cair e molhar muitos rostos,
não pode molhar só o seu.

As lágrimas? Não as seque,
elas precisam correr na minha,
na sua, em todas as faces.

O sorriso! Esse você deve segurar,
não o deixe ir embora, agarre-o!

Quem você ama?
Guarde dentro de um porta-jóias,
tranque, perca a chave!
Quem você ama é a maior jóia que você possui,
a mais valiosa.

Não importa se a estação do ano muda,
se o século vira, se o milênio é outro,
se a idade aumenta...
Conserve a vontade de viver,
não se chega à parte alguma sem ela.

Abra todas as janelas que encontrar
e as portas também.
Persiga um sonho,
mas não o deixe viver sozinho.

Alimente sua alma com amor,
cure suas feridas com carinho.

Descubra-se todos os dias,
deixe-se levar pelas vontades,
mas não enlouqueça por elas.

Procure,
sempre procure o fim de uma história,
seja ela qual for.

Dê um sorriso para quem esqueceu como se faz isso.

Acelere seus pensamentos,
mas não permita que eles te consumam.

Olhe para o lado,
alguém precisa de você.

Abasteça seu coração de fé,
não a perca nunca.

Mergulhe de cabeça nos seus desejos e satisfaça-os.

Agonize de dor por um amigo,
só saia dessa agonia se conseguir tirá-lo também.

Procure os seus caminhos,
mas não magoe ninguém nessa procura.

Arrependa-se,
volte atrás,
peça perdão!

Não se acostume com o que não o faz feliz,
revolte-se quando julgar necessário.

Alague seu coração de esperanças,
mas não deixe que ele se afogue nelas.

Se achar que precisa voltar
VOLTE!
Se perceber que deve seguir
SIGA!
Se estiver tudo errado
COMECE NOVAMENTE.
Se estiver tudo certo
CONTINUE.
Se sentir saudades
MATE-A.
Se perder um amor
NÃO SE PERCA!
Se achá-lo
SEGURE-O!

Circunda-te de rosas,
ama,
bebe
e cala.
"O MAIS É NADA".

(FERNANDO PESSOA)

sexta-feira, 27 de maio de 2011

O mar, o amor e a eternidade...

Compare o amor ao mar, que é grandioso em si mesmo, tem uma força ainda desconhecida, e é capaz de encantar e até matar, quem não tiver a devida atenção. O amor e o mar, se igualam na beleza, onde gente grande vira criança, os olhos brilham, o coração acelera, a vida tem outro sentido diante do amor, a beleza tem outra visão diante do mar, a vida tem outros valores diante do amor. Assim como o mar, o amor se renova em ciclos, no mar são as marés, que elevam e abaixam as águas, no amor, são os pequenos gestos, as delicadezas, o respeito, a admiração pelo outro, as lembranças, que vão construindo um sentimento maior que o mar, maior que o próprio amor, avançando com a idade, sendo tão generoso que abre mão de si mesmo, quando deixa de ser uma paixão, para se tornar cumplicidade. Diante do mar, vejo as ondas no vai e vem sem fim, e posso ter esperanças, que assim como as ondas, o amor que se foi, pode voltar, ou se renovar, e assim como estou diante do mar, poderei estar diante de um novo amor, para um recomeçar, num lindo e vindo infinito, como o próprio mar, como o próprio amor...


quinta-feira, 26 de maio de 2011

O Homem e a Mulher

O homem é a mais elevada das criaturas
A mulher o mais sublime dos ideais
Deus fez para o homem um trono
Para a mulher um altar
O trono exalta
O altar santifica.
O homem é o cérebro
A mulher o coração
O cérebro fabrica a luz
O coração fabrica o amor
A luz fecunda
O amor ressuscita.
O homem é génio
A mulher é anjo
O génio é imensurável
O anjo é indefinível
Contempla-se o infinito
Admira-se o inefável.
A aspiração do homem é a suprema glória
A aspiração da mulher é a virtude extrema
A glória faz o grande
A virtude o divino.
O homem tem a supremacia
A mulher a preferência
A supremacia significa a força
A preferência representa o direito.
O homem é forte pela razão
A mulher é invencível pelas lágrimas
A razão convence
As lágrimas comovem.
O homem é capaz de todos os heroísmos
A mulher, de todos os martírios·O heroísmo enobrecem
O martírio sublima.
O homem é um código
A mulher um evangelho
O código corrige
O evangelho aperfeiçoa.
O homem é um templo
A mulher é um sacrário
Ante o templo nos descobrimos
Ante o sacrário nos ajoelhamos.
O homem pensa
A mulher sonha
Pensa é ter no crânio uma luz
Sonhar é ter na fronte uma auréola.
O homem é um oceano
A mulher é um lago
O oceano tem a pérola que adorna
O lago a poesia que deslumbra.
O homem é a águia que voa
A mulher o rouxinol que canta
Voar é conquistar o espaço
Cantar é conquistar a alma.
O homem tem um farol, a consciência
A mulher uma estrela, a esperança
O farol guia
A esperança salva
Enfim:
O homem esta colocado onde termina a terra
E a mulher onde começa o céu.

quinta-feira, 19 de maio de 2011

È proibido...

É proibido chorar sem aprender;
Levantar-se um dia sem saber o que fazer;
Ter medo das nossas lembranças;
É proibido não rir dos problemas;
Não lutar por aquilo que se quer;
Abandonar tudo por ter medo;
Não transformar os sonhos em realidade;
É proibido não demonstrar amor;
Fazer com que alguém pague por as nossas dúvidas e o mau humor;
É proibido deixar os amigos;
Não tentar compreender o que vivemos juntos;
Chamá-los somente quando necessitamos deles;
É proibido não sermos nós mesmos diante das pessoas;
Fingir que elas não nos importam;
Esquecer aqueles que gostam de nós;
É proibido não fazer as coisas por nós mesmos;
Não acreditar em Deus e fazer o nosso próprio destino;
Ter medo da vida e de seus compromissos;
Não viver cada dia como se fosse um último suspiro;
É proibido sentir saudades de alguém sem nos alegrarmos;
Esquecer os teus olhos, o teu sorriso, só porque os nossos caminhos se desencontraram;
Esquecer o passado e apagá-lo com sendo presente;
É proibido não tentar compreender as pessoas;
Pensar que as vidas delas valem mais do que a nossa;
Não saber que cada um tem seu caminho e sua sorte;
É proibido não criar a nossa própria história;
Deixar de dar graças a Deus pela nossa vida;
Não ter um momento para quem necessita de nós;
Não compreender que o que a vida nos dá, também nos tira;
É proibido não procurar a felicidade;
Não viver a vida com uma atitude positiva;
Não pensar que podemos ser melhores;
Não sentir que sem vocês este mundo não seria igual.

sábado, 14 de maio de 2011

Páginas da vida..

A vida....
As páginas Da vida são cheias de surpresas, há capítulos de alegria, mas também de tristezas, há mistérios e fantasias, sofrimentos e decepções. Por isso não rasgues páginas, nem saltes capítulos, não te apresses em descobrir os mistérios, não percas as esperanças, pois muitos são os finais felizes e não te esqueças, que no livro da vida o autor és tu! Que o futuro seja sempre sorridente para todos…



quarta-feira, 11 de maio de 2011

Eu estarei certo? Ou será que estou errado?

Sobre o casal...
casall.gif

Casal... Palavra tão banal...

Nos dias que correm acho que se perdeu completamente a noção do que é ser um casal... Ter do nosso lado aquela pessoa que é tudo para nós, e que sabemos que somos tudo para ela... Além da amizade, Amor e companheirismo, o que une um casal é a cumplicidade que passa a existir entre duas pessoas que foram feitas uma para a outra, duas pessoas que gostam uma da outra ao ponto de não existirem defeitos, mas sim feitios ;p LOL Ser um casal é gostar da outra pessoa tal como ela é, com todas as suas caracteristicas e Amar cada uma delas sem limites...

As pessoas parece que andam perdidas e não sabem o que é Amar hoje em dia, passaram a "gostar de estar" com alguém e assim que se fartam passam para outra... Sempre na busca incessante da perfeição que não existe e que só se atinge com alguma paciência e com a tal cumplicidade que vai crescendo entre duas pessoas que vão aprendendo aos poucos o que é o Amor... A vida está cheia de paixões, mas quem já passou pelo sentimento de Amor sabe mto bem a diferença e vê o mundo com outros olhos... Pena é que as pessoas que sabem o que é Amar, que sabem o que é ser um casal, andam desencontradas, e pelo que eu me tenho apercebido e sentido, a sofrerem nas mãos de quem não as merece... :(

Será que na sociedade em que vivemos, este conceito de casal tal como eu o vejo desapareceu??? Ou pior, será que nunca existiu???

Será que sou eu que sonho demasiado alto???

terça-feira, 10 de maio de 2011

"Decidi mudar o rumo da conversa"

Chega de quebrar a minha cara contigo, já sei que continuar a amar-te não dá mais no fim da história contigo é sempre a mesma, no fim, sou eu quem enfrenta as chuvas e os temporais chega de dizer que está tudo certo tudo bem e fazer de conta que esse amor me faz feliz eu não vou mentir para o meu coração eu não entro nessa onda da paixão de enfrentar inverno crente que é verão, eu não vou forçar as coisas contigo, chega de pensar que nasci para sofrer sem essa de estar vivendo por viver, decidi mudar o rumo da conversa chega de pagar pedágio para ti,
gosto de ti, mas gosto mais de mim a tua indiferença deixou-me assim
Inimigo do meu próprio coração vou varar as noites, ver o sol chegar
enfrentar as ondas, vou vencer o mar, vou bater de frente com a solidão
e assim eu vou atrás de um novo amor tentando esquecer-te vou  tirar de mim essa loucura que é morrer de amar-te e assim eu dou uma latada na saudade que tentar ficar.Está para nascer uma mulher capaz de me fazer chorar...

"Num lugar longe bem longe"

Eu não sei pra onde vou, pode até nem dar em nada, minha vida segue o sol no horizonte dessa estrada...
Eu nem sei mesmo quem sou, nessa falta de carinho, por não ter um grande amor aprendi a ser sozinho...
E onde o vento me levar vou abrir o meu coração, pode ser que num caminho num atalho ou num sorriso aconteça uma paixão...
E vou achar num toque do destino num brilho de um olhar, sem medo de amar, não vou deixar de ser um sonhador, pois sei vou encontrar no fundo dos meus sonhos o meu grande amor...